Lapidação facial: cuidado estético e de saúde

Com um discurso explicativo e detalhado realizado a cada consulta, procuro sempre trazer o melhor às minhas pacientes, de maneira clara e didática, afinal, elas estão confiando em mim para obter resultados positivos e transformadores. Chamo minhas pacientes carinhosamente de “joias”, porque acredito na lapidação por estética e saúde. É preciso preservar as características naturais de cada rosto, utilizando os procedimentos como aliados para que a imagem no espelho agrade, sem fugir do estilo, traços e perfil de cada homem ou mulher. Por isso, os chamo de diamantes a serem lapidados, porque lhes apresento a melhor versão da essência de cada um, sem exageros.

Uma pesquisa feita pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS) alegou que, entre 2016 e 2020, o uso de procedimentos não cirúrgicos injetáveis apresentou um aumento de 24,1% no Brasil. O motivo da busca é o surgimento de tratamentos inovadores e o número continua crescendo. Há muitas possibilidades de tratamentos, sendo que os procedimentos estão cada vez mais inovadores. Vale ressaltar que a alta demanda não significa que está sendo feito um trabalho de qualidade. É importante que as pessoas tenham em mente que a harmonização facial é uma aliada da beleza e bem estar. Aplico em consultório o método exclusivo chamado lapidando sem exageros, em que faço questão de manter a essência visual do paciente, bem como traço junto a ele um planejamento com foco em manter a beleza em dia.

A busca hoje pelo procedimento não é apenas de mulheres; há opções exclusivamente para eles também, sem estigmas. Os homens estão cada dia mais vaidosos e investem mais na sua autoestima. Há procedimentos como a toxina botulínica, que não causa mais espanto entre eles, porém, é preciso ter cautela. Acredito que alguns problemas de saúde podem ser decorrentes da baixa autoestima. Muitas pessoas se sentem mal e não querem socializar, outras podem ter seu psicológico abalado por não se sentirem bem com a própria aparência. Elevar autoestima é um dos pilares para elevar a autoconfiança, pois os nossos resultados estão diretamente ligados à confiança que sentimos quando olhamos no espelho. Acredito que você muda de vida a partir do momento que você está de bem com a sua imagem. 

A escolha do profissional experiente vai além da indicação. É preciso optar por um especialista de saúde que domine anatomia, fisiologia do envelhecimento e proporções faciais. Além disso, o responsável pela harmonização precisa entender a necessidade individual de cada pessoa, isso para que não haja uma padronização de rostos e todos fiquem com o mesmo formato facial. E o mais importante: o especialista necessita ter bom senso e clareza que saúde e estética andam juntos, mas saúde vem sempre em primeiro lugar. Muitos pacientes tentam se encaixar no padrão de beleza atual e acabam recorrendo a profissionais que não respeitam a individualidade de cada um e modificam suas características naturais, podendo levar até à perda de identidade causando frustrações e arrependimentos. É primordial alinhar queixas com necessidades e expectativas para que seja realizado um trabalho com cautela e direcionamento.