Os benefícios do chocolate para a saúde

Queridinho de muitas pessoas, quando consumido com moderação o chocolate pode sim trazer muitos benefícios.

A verdade é que o chocolate carrega alguns paradigmas, especialmente relacionados às benfeitorias ou malefícios do alimento para a saúde. Afinal, chocolate vicia mesmo? O meio amargo engorda menos do que o ao leite? 

Vale lembrar que o chocolate que compramos passou por um processo de produção: a massa do cacau (manteiga e sólidos do cacau) ou o próprio cacau em pó devem ser misturados a outros ingredientes, que variam conforme o tipo de chocolate produzido.

Se ele é tão consumido e querido por tantas pessoas, vale a pena saber mais sobre o chocolate. Confira alguns mitos e verdades.

 

Chocolate traz benefícios à saúde?

Essa é uma verdade que, felizmente, vem ganhando cada vez mais espaço nos consultórios dos nutricionistas e nas rodas de conversa. Quando consumido com moderação, o chocolate pode, sim, ser nutritivo, oferecendo benefícios para a saúde cardiovascular, para a concentração e até mesmo para a prevenção de doenças crônicas. Sem contarmos que ele é uma grande fonte de energia também!

 

O chocolate vicia?

A confusão, mais uma vez, está na composição do alimento. O chocolate contém compostos que podem estimular a produção de serotonina, um neurotransmissor associado ao prazer e ao bem-estar, incluindo a sensação de ótimo humor. Entretanto, por mais viciantes que essas sensações sejam, não podemos dizer que o chocolate causa vício em quem consome.

No entanto, é bom salientar que devido à associação do consumo do chocolate com essas emoções positivas, algumas pessoas podem desenvolver um desejo intenso pelo alimento. Nos casos em que não há um controle sobre a quantidade ingerida, a ajuda de um profissional de saúde pode ser necessária.

 

Chocolate amargo é mais saudável do que o chocolate ao leite?

Nem totalmente um mito, nem uma completa verdade. É fato que o chocolate amargo contém mais cacau e, portanto, mais compostos bioativos (como antioxidantes) do que o chocolate ao leite, o que faz com que ele seja mais saudável quando avaliamos a composição nutricional do produto. Porém, ele também possui um alto índice de gordura, incluindo a gordura saturada, o que coloca a afirmação acima em dúvida.