Exercício físico faz bem para saúde mental

Fazer exercício vai além da questão estética. O exercício físico traz muitos benefícios para saúde mental também. Por meio de atividades, é possível regular a
capacidade cognitiva e diminuir a ansiedade e o estresse em geral. Além de, é claro, ter bons resultados no alívio da depressão.

Uma pesquisa feita pela Organização Mundial da Saúde (OMS) concluiu que o ideal é que se faça entre 150 e 300 minutos de atividade aeróbica moderada a intensa por semana para adultos, e cerca de 60 minutos por dia para crianças e adolescentes. Mas a verdade é que cada vez mais temos sedentários no mundo.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) alegam que cerca de 47% dos brasileiros são sedentários. E o número piora entre os jovens, subindo para 84%. Começar a fazer uma atividade física não é uma tarefa fácil, mas é preciso lembrar da importância de se praticar a atividade.

Ao praticar exercícios físicos, há a liberação de endorfina, dopamina e serotonina, substâncias essenciais para regulação do humor e, portanto, da saúde mental. Acredita-se ainda que a atividade física regulariza o sistema cerebral e traz muito mais energia a quem o pratica.

Vale ressaltar que a prática de atividades físicas não significa ir à academia todos os dias. Cada um pode encontrar seu caminho – pode começar com caminhadas, aulas de dança, treino de pilates, ioga, pular corda e muitas outras ações que movimente seu corpo.

Inclusive, é percebido que pessoas que começam a praticar exercícios físicos tendem a mudar todo seu contexto de vida, levando uma vida mais regrada, com
melhor alimentação e se sentindo mais animado para viver. Animou-se para ter uma vida melhor por meio de exercícios físicos? Conte para gente!

Por Danielle Felix
Personal trainer especializada em equilíbrio físico, mental e espiritual, ou seja, saúde
@danifelixpersonal