Direito na Prática para Jovens

 

Ana Paula Fonseca Mendonça e a fidelização das pessoas

Diante de uma equipe que se identifica com os valores da empresa, que sabe sua função e o modo de praticar cada ato, você garante pessoas comprometidas. Além disso, você permite que clientes que verdadeiramente se identifiquem com os valores reais do escritório sejam aqueles contratantes dos serviços jurídicos e, mais, que se mantenham fiéis à empresa, pois seu escritório deixará de ser a melhor opção e se tornará a única opção.

 

 

 

 

 

 

 

 

Larissa Brito de Souza e a LGPD

No Terceiro Setor tem várias possibilidades e quando falamos no estatuto social é somente o primeiro passo do universo de áreas, e precisaremos estar atentos para auxiliar as organizações a trabalharem em conformidade com atualizações jurídicas que acompanham seu dia a dia. E, ao trabalhar com os dados de pessoas, precisamos ficar atentos à LGPD, que é a Lei nº 13.709/2018, que prevê três tipos de dados: dados pessoais, dados pessoais sensíveis e dados pessoais de crianças e adolescentes.

 

 

 

 

Maria Angélica Netto Bellini e a gestão do tempo

Temos a tendência de confundir importância e urgência, como se fossem sinônimos, mas não são. Tarefas importantes são aquelas que possuem um impacto muito significativo no seu negócio, e que, se forem deixadas de lado, as consequências podem ser graves. Já as tarefas urgentes são demandas que precisam de rapidez, porque possuem um prazo curto, mas isso não significa, necessariamente, que seja algo importante.

 

 

 

 

 

 

 

Melissa Beatriz Guedes e a arte do contraditório

Independentemente da área na qual deseja atuar, o contraditório é um pressuposto indeclinável para um processo justo e garante o devido processo legal, sendo uma garantia fundamental dos indivíduos que compõem o processo perante o juízo, e por esta razão possui grande importância no mundo jurídico.

 

 

 

 

 

Nícolas Torraca e a importância das conexões

O ponto é que foi através das comissões que eu fiz novos amigos, novos clientes, assisti a palestras marcantes, realizei cursos de aperfeiçoamento na casa do advogado, e por fim, mas não menos importante, recebi grandes oportunidades. Por experiência própria eu posso lhe garantir que fazer parte de uma ou mais comissões da OAB vai lhe agregar e muito no início da carreira e terá a seu favor a experiência de quem já viveu algo parecido e que está disposto a ajudá-lo nessa caminhada.

 

 

 

 

 

 

 

Tauana Pereira de Matos e a construção da credibilidade

Lembrando sempre que no marketing jurídico é crucial respeitar as regras éticas e regulatórias estabelecidas pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) ou pela entidade reguladora do país em questão. Manter a integridade e a ética é essencial para construir uma reputação sólida e confiável.