Grazi: de faxineira a cantora rapper

Ela trabalhava numa creche no Recreio dos Bandeirantes como auxiliar de serviços gerais até que a diretora do local presenciou Grazi cantando, foi como uma fada madrinha: entrou em contato com o pai de uma das crianças que, não por acaso, já havia trabalhado com grandes nomes da música.

O sonho se concretizou, e ela deixou o cargo de auxiliar de limpeza para focar na arte. O resultado é o EP “Pretos no Topo”, trabalho de estreia da GRAZI com quatro faixas inéditas e autorais. “Tudo aconteceu muito rápido. Quando falaram que eu iria para o estúdio gravar as minhas músicas, eu quase não acreditei! Ao mesmo tempo, mesmo surpresa e até meio aérea, eu estava completamente preparada.

Era o sonho da minha vida se tornando realidade! Então eu foquei naquilo que melhor iria me apresentar para as pessoas, as letras que estavam mais estruturadas. Junto com meu produtor, trabalhei um verso ou outro para deixar mais ajustado e gravamos tudo numa noite, praticamente.”, revela. O trabalho de estreia vem acompanhado de um curta biográfico que está disponível no canal da cantora no YouTube. Acesse: www.youtube.com/@grazirap